Normas – Citômetro de Fluxo

Normas de Uso do Citômetro de Fluxo BD® FACSCanto II®

1. O acesso à sala e o uso do equipamento só será possível com agendamento prévio pelo Google Agenda.

2. Consultas e agendamentos devem ser realizados através do Google Agenda.

3. No momento da reserva, através do Google Agenda, deverão ser dadas as seguintes informações:

– Nome do usuário e laboratório
– Ramal de contato
– Aplicação
– Tempo de experimento e número de tubos

EXEMPLO
Denis – LAMEB – 5226 – Ciclo Celular – 2 horas – 50 tubos

4. É de integral responsabilidade do usuário fornecer essas informações no momento da reserva pelo Google Agenda e observar se o tempo total é adequado ao tipo de ensaio.

5. No caso de Experimento já reservado, é proibida a marcação concomitante de qualquer outro tipo de ensaio. Casos excepcionais, como aqueles que dependem da coleta/chegada de amostras de pacientes no mesmo dia, poderão ser feitos encaixes de reserva, desde que feitos por telefone e não prejudiquem a reserva prioritária.

6. Os usuários são responsáveis pelo experimento, principalmente no que se refere ao método e à verificação da operacionalidade do equipamento.

7. Os materiais e os reagentes que serão necessários para a realização do experimento são de responsabilidade, única e exclusiva, do usuário.

8. A preparação das amostras deve ser realizada no laboratório do usuário e estas devem ser trazidas prontas para a análise. Casos excepcionais, que necessitem pipetar algum reagente no momento do experimento, devem ser comunicados no momento da reserva.

9. Para organização dos arquivos salvos no computador, deve ser seguida a nomeação padrão de arquivos.

Nome do Experimento e Data (CBA 200122)

10. Os arquivos devem ser salvos na subpasta com o nome do Usuário LAMEB, dentro da pasta do referido orientador.

11. As pastas estão organizadas dentro do software FACS Diva e os arquivos permanecerão salvos no computador por um mês.

12. Por questão de espaço físico, somente será permitida a permanência de dois usuários no equipamento. Caso haja necessidade de um número maior de pessoas acompanharem o experimento, será necessária a autorização pelo Corpo Técnico-Científico LAMEB.

13. Em caso de desrespeito injustificado aos horários das reservas (falta ou atraso) e/ou o não cumprimento das normas de uso do equipamento, o usuário será advertido pelo Corpo Técnico-Científico LAMEB, podendo ter restrito ou suspenso o seu acesso ao laboratório.

14. O primeiro usuário do dia é responsável por inicializar o equipamento (Startup, POP 02), enquanto que o último usuário do dia é responsável por finalizar o equipamento (Shutdown, POP 03).

15. Ao iniciar um experimento, o usuário é responsável por verificar se o reservatório de efluente (waste) está vazio e se o reservatório de solução salina está preenchido.

16. Ao término do experimento, o usuário é responsável por retirar e contabilizar (POP 59) o volume gasto contido no reservatório de efluentes (Waste). O descarte deve ser feito na pia do laboratório. E pelo preenchimento do reservatório de solução salina (POP 60). A solução salina nova deve ser retirada dos galões localizado ao lado do equipamento.

17. É expressamente proibido:

– Uso de pen drives.
– Acesso a internet.
– Fazer análise de dados.
– Gravar dados em CDs e DVDs não exclusivos para os equipamentos do LAMEB.

18. Os dados adquiridos (formato .fcs), somente poderão ser gravados, pelo usuário, em CD-R ou DVD-R (de uso exclusivo) através do software CD Burner (POP 25).

19. O CD ou DVD deve ser de uso exclusivo para os arquivos salvos nos equipamentos do LAMEB.

20. É obrigatório fazer o Registro de Uso na planilha eletrônica que está na Área de Trabalho.

21. Qualquer erro ou problema que venha ocorrer com o equipamento, deverá ser obrigatoriamente informado ao Corpo Técnico-Científico LAMEB.